eLetras - cirurgia-moral eLetras - Site de letras de músicas (Top 20 Letras de cirurgia-moral) http://www.eletras.com.br/ Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 eLetras Gerador RSS 2.0 Letra Meio Estranho e Meio Cabuloso (Visitas: 110) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/meio-estranho-e-meio-cabuloso Meio cabuloso...<br> Meio cabuloso...<br> <br> Tudo fácil, vai embora fácil<br> E voltar pro zero é um passo<br> Conectado no passado pouco distante<br> E no semblante já se via de longe<br> Boa coisa é que não tá pensando<br> O que será que agora tá tramando<br> Algum esquema, alguem que tem problema<br> Alguem que chora, alguem que se lamenta<br> <br> Meio estranho e meio cabuloso, espaçoso com um futuro fosco<br> Marca registrada, na rua não dá nada<br> Seja na Saanba, na Seilandia ou na Chapa<br> É no D.F., a morte não aquece<br> E não dá boi, e muitos que enlouquecem<br> Ninguém se esquece ou se admira<br> Na culpa velório, enterro, na missa<br> Só foi mais um, entre milhares<br> Pra lá do muro, tristeza pros familiares<br> E é nos lares que se encontra o conforto<br> E no natal se ganha o tênis novo<br> Cena nova e o velho episódio<br> É só mais um na clínica do ódio<br> Tem quem tem dinheiro e Grand Cherokee<br> Tem umas jóia, uns ouro, um estopin<br> <br> Tudo fácil, vai embora fácil<br> E voltar pra merda é um passo<br> Conectado no passado pouco distante<br> E no semblante já se via de longe<br> Boa coisa é que não tá pensando<br> O que será que agora tá tramando<br> Algum esquema, alguem que tem problema<br> Alguem que chora, alguem que se lamenta<br> Alguem que grita pedindo socorro<br> Querendo que você não seja morto<br> E a maioria por aqui não tá nem aí<br> Só esperando você cair<br> <br> Tudo fácil, vai embora fácil<br> E voltar pro zero é um passo<br> Conectado no passado pouco distante<br> E no semblante já se via de longe<br> Boa coisa é que não tá pensando<br> O que será que agora tá tramando<br> Algum esquema, alguem que tem problema<br> Alguem que chora, alguem que se lamenta<br> <br> Tem muita fita boa, diversas bocas<br> Muito dinheiro e uma vida a toa<br> Correndo risco, profissão perigo<br> Puxa o cão e aperta o gatilho<br> Regenerados pela ocasião<br> Desenpregados na fila da questão<br> O que se passa na cabeça você tá ligado<br> Sem estudo, formação ou trabalho<br> Se vive assim, a grande maioria<br> Na esperança de ser alguem na vida<br> Ser polícia, alguns tem coragem<br> Sinceramente eu não vejo vantagem<br> Nem a malandragem dos fraco de alma<br> Nem a pistola, nem o domínio de área<br> Vê a bagaceira, em plena sexta-feira<br> É mesmo assim, ninguem sai da mesma<br> Tando Pala e o Tomé, como pode?<br> Mas tem otário que sempre cai nos gope<br> O que é seu é seu, o que é meu é meu<br> Porque o seguro, de velho já morreu<br> <br> Tudo fácil, vai embora fácil<br> E voltar pro zero é um passo<br> Conectado no passado pouco distante<br> E no semblante já se via de longe<br> Boa coisa é que não tá pensando<br> O que será que agora tá tramando<br> Algum esquema, alguem que tem problema<br> Alguem que chora, alguem que se lamenta<br> <br> Quem for capaz de sair daqui ganha o prêmio<br> Um campeão da favela e do milênio<br> Ao extremo, barreiras, dificuldades<br> Se vai vivendo longe da maldade<br> Sem igualdade e sem miséria o sangue é derramado<br> De inocentes e culpados<br> Troca idéia, casinha, tocaia<br> Pra não erra e não ter falhas<br> Se tem chance? Aqui tem seis<br> E a revanche? Aí, só sei de mim<br> Em quem confiar, a não ser em você mesmo<br> E em Deus, esse é o segredo<br> Tem os primeiros que vão ser os últimos<br> E a sequência da vida toma outro rumo<br> Bem diferente, intransigente<br> Esqueço o crime, antes que a chapa esquente<br> <br> Tudo fácil, vai embora fácil<br> E voltar pro zero é um passo<br> Conectado no passado pouco distante<br> E no semblante já se via de longe<br> Boa coisa é que não tá pensando<br> O que será que agora tá tramando<br> Algum esquema, alguem que tem problema<br> Alguem que chora, alguem que se lamenta <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/meio-estranho-e-meio-cabuloso">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Meio Estranho e Meio Cabuloso) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/meio-estranho-e-meio-cabuloso Letra Aonde Tem Abelha Formiga Come Sal (Visitas: 98) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal Licença boy que malandro tá na pista<br> Ó nóis aqui denovo<br> Os carro de malandro, Caravan cabuloso<br> Lombrar depois da blitz trinca seis caneco pára<br> No posto do Flamingo aí que os boy fica de cara<br> Cê quer paga um pau sai que o morro agradece<br> É tudo nosso vagabundo, os opala os chevete<br> Nun carece, ter muito dinheiro pra tira uma onda que,<br> Curto minha lombra de Planaltina a Ceilândia<br> Tudo em casa né Rei pelos beco é o trajeto<br> De aro 17 alvo fácil pros boneco<br> Dá nada o flagrante tá na bota e quem acha<br> Na BR uma ameaça e gambé queima borracha<br> O horizonte não é limite pra vagaba<br> 3 horas da quebrada os cú pira (pira)<br> Suposto não o mundo gira e quem comanda<br> Bandido de patente vagabundo a paisana<br> Há, ó o comboio, muriçoca suspira<br> Assusta, intima logo quando vira a quina<br> Quem for mais fraco corre é intinto natural<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> <br> Ó só, ó que firmeza amanhã nóis tá com a rapa<br> Parô nas entre quadra vira frevo dá nada<br> Vai, abre o porta-mala vai deixa o chão tremer<br> Deixa os muleque viver é assim que tem que ser<br> Cada um com sua responsa, seu beck, sua lombra<br> De cima cola os pivete frator de quadrilha nas guarita<br> Dá nada tudo em casa aqui é favela é nossa cara<br> É tipo motor de Opala só pára quando o gás acaba<br> De cima das manilha fortalece o cenário<br> Primário, funciona em 1000 reais de salário<br> A vida é espontânea, pensou muito aí foi mal<br> Aonde tem abelha, fio, formiga come sal<br> <br> Comédia passa fome em ninho de marginal<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Quem for mais fraco corre é intinto natural<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Perfume de vagaba é cheiroso mas faz mal<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Da tribo Duck Jay, Rei Cirurgia Moral<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Mais aí...danada os guariteiro com mocó aqui no teto<br> Respeita os malandro que o papo aqui é reto<br> <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Aonde Tem Abelha Formiga Come Sal) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal Letra Intro (Visitas: 92) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/intro Quem Não Deve Não Teme Pode Crê<br> Tô Com Cirurgia Só Falta Você<br> DJ Jamaika,Rei,DJ "W"<br> Bote Fé Maluco O Som É Do Caralho<br> Rei Cirurgia Novamente Indubitavelmente<br> Considerando,Respeitando,Abrindo Sua Mente<br> Tiro Na Cabeça Pipoco De Escopeta<br> Deus Tá Ligado Não Se Mova Não Se Mexa<br> DJ "W" Meu Chegado Pick Up É Sem Atraso<br> Pode Crê Tá Valendo Os Meus Considerados<br> Sem Querer Atrasar Os Lados De Ninguém<br> Ouça A Nossa Idéia Malandragem Amém<br> Ceilândia Norte Ou Sul Ou Qualquer Quebrada<br> Se Ligando Na Fita Cadê Meus Camaradas<br> Sobrevive Quem Dá Sorte Lá Na "M" Norte<br> Limitado E Dividido No Reino Da Morte<br> É Cirurgia Moral Sem Pagação De Pau<br> Mostrando O Sub Mundo O Lado Que Aqui Existe<br> Bem Perto Da Razão Bem Longe Do Crime<br> <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/intro">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Intro) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/intro Letra Entre O Amor E O Ódio (Visitas: 78) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/entre-o-amor-e-o-odio Cê apenas foi mais um que se encantou, olhou, achou lindo, maravilhoso, os cordão de ouro primô<br> Pra que? Faculdade, universidade, escolas se aqui no gueto nós também temos jóias<br> Dólares, embora diferente na dispensa, sempre cheio febroso, o que os mano qué não muda é dinheiro louco<br> Chorar por quem, só por aqueles que aqui não tão, que acreditaram que o crime não era ilusão<br> Por tão pouco vi maluco explodir, cano de verme pilantra que fazia uma hora extra aqui<br> Vida de cão né tio? Puta que pariu, me fala, de cada dez, nove aqui nas penitenciarias<br> Tem contatos, irmãos de mil graus, aliados diferente dos playboy cuzão, que moram na beira do lago sul, céu azul<br> A noite cai vem estrela, na Ceilândia não é diferente, os drão em volta da fogueira<br> Vinhos, planos, próximo assalto, tiros, canos e o polícia que virou finado<br> Cresci assim, meio a tudo isso vendo sem Audi, Cherokee, mas do lado esquerdo do peito<br> O coração dividido entre o amor e o ódio, apenas sonhador, mas com rancor pra subir no pódio<br> Não, que sonhar irmão, onde que ce tava, quando eu tava com as quadradas invadindo as agências bancárias<br> Cê foi louco oh, persistiu e quis, achou que pra ser feliz, tinha que cortar o mal pela raíz<br> Agora aqui, sentado no canto da sala, narrando sua história numa letra de rap que fala<br> Sobre um mano que morreu, que partiu, mas na merda do enterro não tinha quadrilha e nem fuzil<br> Só sua mãe com um ramo de flores na mão e sua mulher com seus filhos em volta do caixão<br> <br> Cê foi bandido, você foi ladrão<br> Matou polícia estourou rojão<br> Cê foi o rei da quebrada<br> Super-herói dos muleque<br> Cê foi bandido, você foi ladrão<br> Matou polícia estourou rojão<br> Pra acaba num caixão de lata<br> Gelado no IML<br> <br> Você foi foda, memo mano, eu não négo<br> Transformou a minha vida e das crianças num inferno<br> Quantas noites, quantas lágrimas<br> Vazia eu passei, quantas vezes com o terço no quarto eu orei<br> Louca, ali desorientada com sua filha no colo<br> Seu filho não consente mano se o pai volta logo<br> Sem resposta, só eu o carinho Deus e o amor<br> Por dia ainda me lembro cê dizendo assim:<br> "Cê é minha rainha, meus filhos são brilhantes. Por vocês eu faço tudo, trago a lua amarrada em barbante"<br> Genial, que poeta, que talento<br> Mulher de ladrão é assim, ama sofrendo em silêncio<br> Do que valeu suas falsas juras de lealdade<br> Se desfilava com as vagabundas a noite de Chrysler<br> Pelas livres avenidas do plano piloto<br> Com whiskie, cocaína cem por cento loco<br> Eu me lembro e me recordo como se fosse agora<br> Uma pá de viatura do BOPE gritando do lado de fora<br> "Aê ladrão, tá cercado sai senão nós invade. Nós queremos você morto ou atrás das grades"<br> Foi majestral a sua fuga espetacular<br> Até mesmo hoje ninguém sabe explicar<br> Mas, tudo vai, tudo passa, é assim memo<br> Eu presa no seu lugar, amargando dias de veneno<br> E você nem sequer, com o advogado trinco<br> Os dias no inferno me fizeram enchergar seu valor<br> Agora aqui, com a liberdade cantada<br> Encontro o meu filho que chorava e suas foto rasgava<br> <br> Lembranças de você que partiu<br> Num enterro sem amigos nem fuzil<br> <br> Só sua mãe, com ramo de flores na mão<br> Sua rainha e os brilhante em volta do caixão<br> <br> Sempre no interior do seu veículo<br> Muita pright e tênis Nike, farinha à vontade<br> Na lista dos covarde, vicioso é o ciclo<br> Sem medo da morte, sem medo do perigo<br> Hã, deicha baixo, sabe o que é que acho<br> Deichou brecha da Samambaia até o Riacho<br> No por acaso, apenas mais um fato<br> Que a vida que se trilha, já era, um abraço<br> Parceiro é só tragédia, da terra até o firmamento<br> Mas que no momento se alia aos armamento<br> Tá certo, fechou os olhos leva terra na cara<br> Vira a noite no caô, desbaratina os cara<br> Cinco janela, sinto o terror aqui da favela<br> Meti 157 nas esquinas e vielas<br> Uma pá de dona banda e umas carreta loca<br> Sobreviva, a vida é uma escolha cumpade<br> Primeiro os crime, os parcero, depois a família<br> Cafungava até uns dia, não tinha hestia<br> Brilhantes, jóias, tiros pro alto<br> Dinheiro fácil, pra morte é só um passo<br> Cadáver fresco, no luto veste preto<br> Se via o ódio em pessoa seus olhos vermelhos<br> Diz: prazer parceiro em conhecer até a próxima<br> Infelizmente sua família é quem chora<br> <br> Cê foi bandido, você foi ladrão<br> Matou polícia estourou rojão<br> Cê foi o rei da quebrada<br> Super-herói dos muleque<br> Cê foi bandido, você foi ladrão<br> Matou polícia estourou rojão<br> Pra acaba num caixão de lata<br> Gelado no IML<br> Vinhos, planos, próximo assalto (você foi ladrão)<br> Vinhos, planos, próximo assalto (da quebrada)<br> Vinhos, planos, próximo assalto (você foi ladrão, estourou rojão)<br> Vinhos, planos, próximo assalto<br> Na Ceilândia não é diferente, os drão em volta da fogueira<br> <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/entre-o-amor-e-o-odio">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Entre O Amor E O Ódio) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/entre-o-amor-e-o-odio Letra A Minha Parte Eu Faço (Visitas: 57) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-minha-parte-eu-faco Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma<br> Cara vê se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina,<br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê<br> Se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina.<br> <br> Quando moleque seu sonho era roubar um banco, ter dinheiro pra<br> Caralho e reinar no trono, pra sua mãe uma singer nova último modelo, pro<br> Seus irmãos os melhores brinquedos, tinha carreta importada mulheres<br> Bonitas, também um ferro na cinta, sabe como é que é, rapazeada mais<br> Velha sempre segura a onda, tiro dos pregos só pra ver de qual é isto é,<br> Se não me derrubarem até os meu 18, ferro de rocha na quebra é um trinta<br> E oito, sabe como é véi, vc sobe de carro, até os 12, por enquanto só<br> Rende assalto, tô de cara com as parada que já vi tá ligado, vi neguinho<br> Morrendo morrendo com o corpo encharcado de gasolina e sua alma indo pro<br> Inferno e eu não sabia se estava no lugar certe, vi cara morrendo com<br> Tiro na nuca e seus miolos se perdiam entre o mato e a rua, vi otários<br> Morrendo de overdose, parada errada, tiros pra todos os lados, bocas<br> Espalhadas, via muita vingança que continue a matança, ninguém se<br> Importava, se havia crianças, vi meu irmão morrendo com tiro nas costas,<br> Cansei de procurar respostas e eu me lembro bem véi.<br> <br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê<br> Se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina, vai ,<br> Vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê se não<br> Demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina.<br> <br> Acho que eu devia ter entre 14 e 15, quando botei minha mão no<br> Meu primeiro calibre, um três dois, velho quase enferrujado, mas que<br> Sempre véi, me adiantava vários lados, a união de área pacto de sangue,<br> Cada arma, cada vida, cada morte, cada instante, treinados para não ter<br> Dó nem de nós mesmos, se nossas armas falhassem, fudidos e meio, fumei da<br> Erva que era, baseado de primeira, vendendo no domingo véi após a feira,<br> Depois de um tempo agora dono da situação, uma 12 pra mim uma "pt" pro<br> Meu irmão, derrubou o seu lider até o seus amigos, seu destino traçado<br> Sua vida um perigo, nunca cheirou, mas sabe o gosto que ela tem, coca na<br> Língua pra saber se é da boa véi, não precisou roubar nenhum banco, mas<br> Já tem um trono que é seu por direito já fazem alguns anos, meu irmão<br> Minhas costas, soldados as sombras, traidor é o seguinte amanhece na<br> Lama, lembranças são úteis realça o que somos, da minha parada eu é que<br> Sou o dono, não sei que fim vou levar, mas eu tô em cima, no auge da<br> Minha vida véi, vê se te liga.<br> <br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê<br> Se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina, vai ,<br> Vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê se não<br> Demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina.<br> <br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma<br> Cara vê se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina,<br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê<br> Se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina, agora<br> Sim aliado sem está drogado espero, que meu irmão controle a parada amigo<br> Velho, de uma ponta a outra de norte a sul, que jogue os corpos dos<br> Rivais entre os urubus, que todos sejam abençoados com um pouco de<br> Alimento, destribuído no natal a três estou ausente, o meu produto é a<br> Nossa fonte de alimentação, sobrevivência aos fiéis de sua área irmão,<br> Não vendo crack é mortal disso estou ciente, pois eu nunca gostei de<br> Perder os meus clientes, dane - se quem achar que estou errado, a minha<br> Parte eu faço, é derrubo uns, mas dou vida a outros, não sou deus, sou<br> Apenas seu cervo encarcerado por 12 ou por mais 30 anos, por força que<br> Ninguém imagina e eu me lembro como se fosse ontem assim eles diziam véi.<br> <br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma<br> Cara vê se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina,<br> Vai , vai, mata ele cara tem que ser agora, pega logo essa arma cara vê<br> Se não demora, pra defender minha área, meu trono, minha esquina <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-minha-parte-eu-faco">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - A Minha Parte Eu Faço) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-minha-parte-eu-faco Letra A Dama e As Vagabundas (Visitas: 56) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-dama-e-as-vagabundas "mata a fome na farinha, mata a sede quadrilha,<br> Só melher vadia e cocaina sobre a mesa,<br> Tem um monte de cachorra querendo me dá,<br> Crocodilagem demais, vagabundas e drogas..."<br> <br> Se liga nego véi a sorte bate em sua porta,<br> Engessado até a alma nem se liga nem se toca,<br> Proveniente a sua maneira de ser,<br> Uma dona de responsa ou bebel pode crer,<br> Quem não conhece respeita existe varias maneiras,<br> É no embalo da noite parece brincadeira,<br> 157 no otário é discolar troco fácil,<br> Privilégio pra ela é conquistar seu espaço,<br> Eu nem me ligo finjo não me importar,<br> Tenho minha dona, meus filhos e uma chóla,<br> Trocando idéia com chegado alguma coisa no ar,<br> E a vagabunda querendo a minha cerva tomar,<br> Mostrando a bunda, ae malandro se afunda,<br> A primeira vista parece uma mirajem,<br> Mas o que ela quer apenas sacanegem,<br> Cada dia uma locura, uma viajem,<br> Os moleque se impreciona: caralho aquela dona,<br> Ele viaja no banheiro e ainda sonha,<br> Pela ordem tudo bem ja fiz isso também,<br> Peito, par de coxa minha idéia vai além,<br> Uma carreta do ano e os melhores panos,<br> Ai maluco será que tem alguém filmando,<br> Os cara no embalo e eu observando,<br> A vagabunda dançando o seu ultimo tango...<br> <br> "mata a fome na farinha mata a sede quadrilha,<br> Só melher vadia e cocaina sobre a mesa,<br> Tem um monte de cachorra querendo me dá,<br> Crocodilagem demais, vagabundas e drogas..."<br> <br> Tudo tem ver mulher ou se fuder,<br> Nem tudo na vida acontece como tem que acontecer,<br> Nem tudo na vida você sabe tem uma saida,<br> Tudo bem, tudo bem, segura ai vadia,<br> Comportamento alterado você ainda insiste,<br> Pode crer, daá um role, bem vindo ao monique,<br> Mas tenho aqui as minhas consideradas,<br> Que não dão braxa não se iludem sem falhas,<br> Adimiro ver, respeito conhecer,<br> Puxar cadeia pro marido sem amolecer,<br> Saber ficar na manha, tomando uma gél,<br> Sem sentir o gosto amargo do féu,<br> Mas é bem claro as vezes muito raro,<br> Tomar conhecimento, final de papo,<br> Sete galo ou uma carreta do ano,<br> Você come até mulher de fulano, cicrano,<br> Mas passo o pano véi, aqui é cirurgia,<br> Cumadre sita ouve ai se arrepia,<br> Se comove com a verdade, é um aviso ,<br> Coloca a mão na cabeça e não o juiso,<br> Talão de cheque, cheque mate no otátio,<br> Veja o seu dinheiro escorrer pelo ralo,<br> Não sei se é pra rir, não sei se é pra curtir,<br> Vai ai, não se esqueça bota fé em mim,<br> Meu nome é rei, cabuloso até a alma,<br> Não uso armas, aqui é só palavras,<br> É só idéia de responsa aos camaradas,<br> Se liga ai no veneno de saias,<br> Procure quem merece, vê se não esquece,<br> Crocodilagem demais, esculta ai muleque,<br> Seja mais esperto, fica observando,<br> A vagabunda dançando o seu ultimo tango...<br> <br> "mata a fome na farinha mata a sede quadrilha,<br> Só melher vadia e cocaina sobre a mesa,<br> Tem um monte de cachorra querendo me dá,<br> Crocodilagem demais, vagabundas e drogas..."<br> <br> Bota um teco e diz que é afeto,<br> Mostra uma pistola que vai render na tora,<br> Uns pano da ciclone, boné estilo rap,<br> Por algum tempo vai ter ela por perto,<br> Mate um, mate dois, mate três,<br> Quero ver quando você descer pro xadrez,<br> Vai se fuder de vez, como é que vai ficar?,<br> É muita sorte se ela for te visitar,<br> Logo vai te esquecer, com outro vai fuder,<br> E tudo isso você fez soma ai pra ver,<br> Só foi atraso, ficou ecarquerado,<br> Mas nem tudo é assim, você tá ligado,<br> Fica frio se orienta ai na boa,<br> Os doido do corredor, meu camarada noa,<br> De olho nos quarenta lado que tem aqui,<br> Ai, pode vir, pode vir,<br> Tem muita dona de responsa, que é pela ordem,<br> Te considera, se preocupa, as vezes nem dorme,<br> Te olha como um homem, sem precisar de fama,<br> Sem ser malandro, nem de muita grana,<br> Sem ser um homicida, gostar da vida,<br> Sem ser intereceira, sem baixaria,<br> Mas fica atento, fica observando,<br> A vagabunda dançando, o seu ultimo tango...<br> <br> "mata a fome na farinha mata a sede quadrilha,<br> Só melher vadia e cocaina sobre a mesa,<br> Tem um monte de cachorra querendo me dá,<br> Crocodilagem demais, vagabundas e drogas..." <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-dama-e-as-vagabundas">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - A Dama e As Vagabundas) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-dama-e-as-vagabundas Letra Gospel Gangstar (Visitas: 55) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/gospel-gangstar Se o senhor é o meu pastor e nada me faltará<br> Dê-me a droga meu Deus para que hoje eu possa usar<br> Não deixe que falte por dia em minha cabeça uma viagem<br> Às vezes eu vejo irmãos não sei de é de rocha ou uma miragem<br> Necessito por isso suplico não me deixe faltar<br> Cocaína uma bailarina seus pés pesados em minha cabeça<br> Não deixe que eu me esqueça de depois te pagar<br> Me apóie então não me implore para que eu saia dessa, esqueça!<br> Você não ajuda aos que falam o seu santo nome em vão<br> Muitas vezes não consegui dei meu santo sangue ao Cão<br> Hoje envergonhado peço volta sou um idiota<br> Quantas vezes mulheres já tive por dinheiro xoxotas<br> Me arrependo não pensava que seria assim, não<br> Foda-se a vida perdi a minha por isso estou aqui<br> Servindo a outro mestre dei gelo na erva, é<br> Como é triste aqui nas trevas...<br> <br> Como é triste aqui nas trevas<br> Dei gelo na erva<br> <br> Se o senhor é o meu pastor e nada me faltará<br> Não deixe que vendam mais drogas meu Deus ao irmãos pra quem não ficar<br> A viagem que eu falo agora é uma desordem só leva pilhagem<br> Se não acreditam em mim olha a desgraça como podem<br> Necessito esclarecer pra que fique bem claro em sua idéia<br> Matei, roubei, explorei muitas crianças muitas velhas<br> Pois a morte pra mim era uma alegria eu pensava assim<br> Que ela abraçava todo mundo menos a mim<br> Vacilei por isso dancei hoje meu mestre me cobra demais<br> Quando me dava forças pra me drogar cada vez mais<br> Hoje eu preciso de um apoio todos me viram as costas<br> Aqui no inferno você nunca passa de um bosta<br> <br> Dei gelo na erva<br> Como é triste aqui nas trevas<br> <br> Se o senhor é o meu pastor e nada me faltará<br> Por que me deixou cair na cilada? Ah, deixa pra lá<br> Aqui tem tudo que eu queria: sexo e violência<br> Encontrei com alguns traficantes que entraram em falência<br> A vida era muito boa eu vacilei não a tenho mais<br> Sacanagem aqui no inferno DJ se chama Satanás<br> Cada disco que rola é uma vida que ele manobra<br> Quando não quer mais ele quebra quando dobra<br> Como eu queria estar por aí curtindo Racionais<br> Em casa, rolando um som, fumando bagulho, era demais<br> Que saudade que eu tenho da minha quebrada<br> Dos meus amigos do bar<br> O traçado rolava na alta e a gente saia pra ripar<br> Mete o ferro na idéia, puxa o gancho, piso a peita<br> To trepado não entre na minha frente, não se meta<br> Muito safado já deitei nos homi nunca encostei<br> Mas se for preciso, pei!<br> Nessa que eu fui drogado até a alma<br> Botei muita fé em mim e perdi a calma<br> Na hora dos ganho os homi pintaram uma escopeta<br> Desse dia pra cá deixei de curtir na sexta<br> <br> Dei gelo na erva<br> Como é triste aqui nas trevas <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/gospel-gangstar">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Gospel Gangstar) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/gospel-gangstar Letra Respeito à quem merece... (Visitas: 55) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/respeito-a-quem-merece Cirurgia Moral<br> Respeito à quem merece<br> <br> Não é preciso ser malandro pra ganhar respeito<br> Honestidade bom caráter ser um bom sujeito<br> Livre de drogas vagabundas<br> Longe do crime<br> Viver na manha atitude sem entrar no ring<br> Não falo dos playboys nem do plano ou lago sul<br> Falo das favelas das quebradas de norte a sul<br> Difícil acreditar, as gente boa que vive em trégua<br> Sem atrito, sem leva pá pá<br> Nem tudo é o que você vê ninferma da cyclone<br> Boné prata no pescoço<br> Andar com os camaradas nada quer dizer<br> Nem tudo e nem todos estão no fundo do poço<br> Pais de família esbanjam sua honestidade<br> Filhos estudados diplomas universidade<br> Esposas empenhadas ao seu lar e sua casa<br> E muita humildade sem ter medo da quebrada<br> Difícil criar os filhos sem que leve algum tiro<br> Até quem passe dos 18 chegar aos 20 vivo<br> trabalhar não adoece, não mata<br> engrandece cresce a moral<br> Respeito a quem merece<br> Os bandidos te respeitam sem tirar você de tempo<br> Até alguns te espelham e seguem teu exemplo<br> Não é preciso informação aqui tudo é irmão<br> É só ser gente fina sem Pt na mão<br> É caso de escolha<br> Malandro é gente boa<br> É não se arrepender e dizer depois que foi atoa<br> É só respeitar pra poder ser respeitado<br> É força de vontade pra não ser enterrado<br> <br> Respeito à quem merece<br> Respeito à quem merece<br> Respeito à quem merece<br> <br> Você chega do trabalho <br> Fica observando o frevo<br> O que eu ganho num dia <br> Você leva o mês inteiro<br> É muito desespero, quem não quer ter dinheiro<br> Você viaja às vezes, pensa consigo mesmo<br> Será que eu errei o meu caminho<br> Eu vejo tudo aquilo<br> Tudo fácil tudo claro e só comprar o quilo<br> Opala preto 192<br> XL tempra omega <br> Os panos zero bala ninguém se engana<br> Pode crer<br> E as mulher é só gostosa é só file<br> Os caras já com mão é tentação ou não é???<br> É caixa de cerveja, campari sobre a mesa<br> Wisk e um conhaque<br> Pistola com certeza<br> Estão se adiantando tão boa que já era<br> Só rola pente, dando o golpe assim é a idéia<br> É 9mm, 765, 380 e esperar o inimigo<br> Conheço todo mundo aqui crescemos juntos<br> Mas meu caminho é diferente é não ser defunto<br> Respeito minha família, a mim e meus irmãos<br> Entendem porque não segui a lei do cão<br> Vou chegar to de rango<br> Chega de pensar<br> Me cumprimentam, me respeitam sem querer tirar<br> Nasci aqui, me criei, mas quase foi por pouco<br> Me desculpem camarada o meu caminho é outro<br> <br> Respeito à quem merece<br> Respeito à quem merece<br> Respeito à quem merece<br> <br> Parece que foi ontem,<br> Golzinho e ping-pong<br> descalço pés no chão<br> Às vezes ate fome<br> Ninguém imaginava o futuro de cada um<br> Era só brincar, os pivetes mais comuns<br> Casa, futebol, sacanagem e escola<br> Hoje é roubo homicídio trafico de drogas<br> Não foi falta de educação aviso dos pais<br> Não faltou conselho, ensino, ou caminho da paz<br> Isso aqui tá aqui dentro<br> Cada um tem seu tormento<br> Seu motivo, opção talvez seu sentimento<br> A raiva é a chama do ódio<br> Assim é o ditado<br> Só entra quem quiser<br> Você sabe disso, tá ligado<br> O meu chegado faz, eu vou fazer também<br> Cai na pilha de otários<br> Viaja vai além<br> ás vezes entra de laranja<br> Medo de ser frouxo, quando perceber<br> Tá encarcerado até o pescoço<br> Tem bandido bom<br> Uns caras com palavras <br> Que adiantam o seu lado consideram à área<br> Que tem folgado tem<br> Você sabe admitir<br> Te cumprimentam na frente por trás quer te ferir<br> Não é preciso ser homicídio<br> 157 ou fita alta,<br> Não é preciso ser playboy ou correntão de prata<br> Nem puxar uma cana<br> Comer todas as donas<br> Nem muito menos meter bala pra crescer a fama<br> Conheço a ambição<br> Também tenho e quero ela<br> Só que infelizmente muitos exageram <br> Não é pagando sapo, a minha parte eu faço <br> Só que é triste ver o fim de um chegado<br> Quem tá certo ou errado???<br> Quem sou eu pra decidir<br> Mas muitos se dão bem e ainda moram aqui<br> No meio dos malandro, dos tiros e dos homens<br> Na guerra e no velório<br> Nas drogas que consomem<br> Sou da quebrada e não me envergonho disso<br> Me orgulho dos honestos e também bandidos<br> Ninguém aqui é igual<br> Muita idéia diferente<br> Cada um tem seu caminho<br> Você me entende???<br> Não é preciso ser bandido, malandro ou destemido<br> Quem quer ter moral faz, continuar vivo<br> Agora é com você sua família e seus chegados<br> É só respeitar pra poder ser respeitado<br> <br> Respeito a quem merece<br> Respeito a quem merece<br> Respeito a quem merece <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/respeito-a-quem-merece">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Respeito à quem merece...) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/respeito-a-quem-merece Letra Falsa Malandragem (Visitas: 51) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x) <br> <br> <br> <br> Quem não conhece GOG girinão o gangstar.fala demais em seu show correu pra não apanhar<br> fala de quebras do entorno nunca nem pisou.a malandragem que conhece é só gravata morô?<br> Derrubou vários irmãos só metendo o queixo<br> discovery, planet, abutre, não tem nem mais jeito<br> ninguém cai mais na sua lábia babão<br> juntou-se de novo com o cão<br> Só São Cipriano pode te libertar nem missangas nem guias podem te guardar<br> do mal que você plantou em você mesmo te arruma otário que agora vai pegar<br> Sempre foi fraco quando se fala em irmandade<br> eu não preciso do D.F, isto é uma verdade<br> só que de Rocha eu falo sério escuta aí,a nossa área tá melhor sem você aqui<br> Irmãos de São Paulo podem se preparar,Girinão o gangstar tá na área podem se cuidar<br> muitos vão cair e ele vai subir,eternamente por que é assim.<br> Quem não te conhece é que te compra<br> muito agito já rolou nunca te vimos na onda pedimos sempre pela paz você quer é guerra...você não perde por esperar!<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x)<br> <br> <br> Ninguém te conhece como nós, Derrubou Eu,Tu,Ele,Nós,Vós<br> Eles que não te conhecem o chamam de poeta.<br> Muito pelo contrário, só pagou vexa<br> Considerado o destemido o senhor da paz tá dizendo<br> jamaika, Kabala, Rei, não nos convencemos<br> a sua lealdade já não fascina mais.<br> você não é cristo é barrabás<br> Diga X , quero uma foto de vocês dois <br> vocês tão pouco se lichando pra CEI pois aquí mudou tão vendendo peixe errado<br> cipriano e barrabás vocês tão ferrado<br> Eu me faço gozar, manipulando suas vozes...<br> Chupa amp;#8220;Examp;#8221;, chupa amp;#8220;GOGamp;#8221;<br> enquanto muitos ralam e vão andando<br> Aí, cala a boca e continua chupando<br> Nos chamam de bandidos incentivadores falamos só o que sabemos e não são rumores<br> hoje fala contra as drogas, safado ó a coronha<br> quem te compra é que não te conhece rola a maconha Sua saga é triste por nós sempre lembrada falso pacificador senhor da desgraça<br> já tomou arara dos homem e não tava errado faça sua boca, parar safado pode vir com palavras de dicionário sua choradeira é sempre a mesma otário<br> a sua dupla ação ainda inclui o Marcão que não tem guerra conosco, CÃO<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA<br> <br> Quem róla contigo, tem é que correr<br> você chama a maldade pra perto de você<br> colar contigo, tem nem mais jeito...<br> vira sapo maluco e pula nos meus peito<br> Inventando moda baixos,baterias,guitarras<br> quem te conhece na área, hoje te escarra<br> cipriano teu anjo da guarda foi-se embora dê um jeito em sua vida vê se não demora<br> Quer continuar tudo bem eu paro por aquí<br> essa guerra vai mais longe se tu quer assim<br> não sou vidente mas vejo o fim com gosto de féu<br> Caim se levantou e matou Abel<br> <br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA........<br> <br> <br> jamaika e Rei Indubitavelmente (3x) <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Falsa Malandragem) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem Letra Só Nos Resta A Paz (Visitas: 49) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/so-nos-resta-a-paz Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> Chame por Deus véi preste atenção<br> Ouvi dizer medo morte traição<br> Cirurgia Moral Rei,DJ "W" nossa paciência<br> Estoura a violência e a consequência véi<br> Espero sobreviver às vezes lamentar<br> Quantos com a própria vida terão que pagar<br> Sei que não são santos às vezes me espanto<br> Correria todo dia vacilou deu pano<br> Ei Deus eu peço por favor<br> Traga paz pra Ceilândia ou a quebrada que for<br> Se tô sendo abusado me desculpa aí<br> Não quero mais contar quantos vão cair<br> Jardim Roriz quebrada de responsa<br> Abençoe os camaradas véi de ponta a ponta<br> Chaparral área minha me lembro do natal<br> Da dezesseis à trinta nunca me dei mal<br> Você se lembra se recorda camarada meu<br> Pode crê vou falar esculta aí Deus<br> Estenda a sua mão adianta a rapaziada<br> Abençoe os camaradas lá da Samambaia<br> Tire o mal da mente ajude pelo menos tente<br> Tanta guerra aqui é um sobrevivente<br> Considerar para ser considerado<br> Quebrada boa ou ruim sempre bem chegado<br> Mais aí se quiser continuar assim<br> No começo é bacana carreta puta grana<br> Ódio pilantragem olho grande ganância<br> Conseqüência do crime cadeia ou ganhar fama<br> Conto contigo Deus olhe os chegados meus<br> Santa Maria sobradinho são filhos seus<br> Só você mesmo quero dizer algo mais<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz<br> <br> Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> Maldade inveja do tipo cabreiragem<br> Se somos feitos pela sua própria imagem<br> Mas pode crê quando morrer quero ir pro céu<br> O safado do Caim se levantou e matou Abel<br> Eu não entendo a amizade e a falsidade<br> Quem são os seus amigos me mostre um de verdade<br> Amigos pra atrasar quando o bicho pegar<br> Você vai aprender em quem confiar<br> E as bedel as donas safada então<br> Mostram sua cara traem só por diversão<br> Quantos já se foram por mulher eu vi de perto<br> Por safadeza piranhagem será correto<br> Deus é tanta droga medo auto-destruição<br> Os camarada se matando lá na expansão<br> O medo é eficaz ninguém confia mas que pena<br> Boa sorte recantos da emas<br> Meu nome é Rei e tô injuriado<br> Já tentaram me jogar atrasar o meu lado<br> Pipoco na reta eu de menor beco escuridão<br> Fulano e Sicrano pode crê estão nas suas mãos<br> Ilumine Planaltina sobradinho dois<br> Até quem não merece dê uma chance pois<br> Só você pode ajudar e ninguém mais<br> Por aqui na nossa área só nos restas a paz<br> <br> Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> "M" norte entre o azar e a sorte<br> E quem divide Taguatinga da Ceilândia norte<br> O "J" e o "G" nunca vou me esquecer<br> História de filme eu vivi então pode crê<br> Esses dias estava pensando<br> No sujerinha no Frell no meu irmão Shell<br> E como é bom ficar aqui lembrando<br> Espero que vocês estejam no céu<br> Finado Marcelo Paulista,Paulinho Jones<br> Ainda sei como fugir dos home<br> Nego Jackson experiência a sua vida<br> Nos mostrou véi que a casa cai um dia<br> Tirar de tempo seu divino eu entendo<br> Nunca tire ninguém e vai sobrevivendo<br> Aprendi pode crê passei dos meu dezoito<br> Vi minha morte através de um cano de trinta e oito<br> Mas tô aqui vivo pra contar a minha história<br> Dona vaci pode crê guardo na memória<br> Os home na minha cola mocado em sua xola<br> Seu vinte dois eu me lembro mata ele agora<br> Viu o Rei ai os cana tão aqui<br> Fala pra ele se esconder ali<br> Nunca vou me esquecer me deu fuga muita correria<br> Meu Deus do céu os home sempre pede estia<br> Mas tá valendo homenagem eu fico grilado<br> Não é só os mortos que aqui serão citados<br> Embalo ai jotinha eu penso todo dia<br> Quando você sair véi muita alegria<br> Pode crê Deus é o que eu queria falar<br> Alivia a violência que assim não dá<br> Fui igual a muitos com prazer eu tô contigo<br> Você agora é meu verdadeiro amigo<br> Sinto muito pelos que se foram e ainda estão por ai<br> Malandragem tá na hora de pensar e agir<br> Como se fosse uma doença a morte é quem faz<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz<br> <br> Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x) <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/so-nos-resta-a-paz">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Só Nos Resta A Paz) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/so-nos-resta-a-paz Letra Quem Vive do Crime...(Sinal da Cruz) (Visitas: 48) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/quem-vive-do-crimesinal-da-cruz Não fico mais impressionado tenho certeza<br> Ninguém pode mudar o pesadelo é a fraqueza<br> Era sexta-feira véspera de natal<br> Papai Noel se esqueceu pela ordem e tal<br> Sempre é assim engana a pivetada<br> Cadê meu presente mais um natal sem nada<br> Crescer sem dinheiro se vira você mesmo<br> Papai Noel Porra nenhuma cadê meu brinquedo<br> É crescendo assim os malandro no espelho<br> Procura de educação violência e medo<br> É só se eu esperar minha mãe onde é que ta<br> Batalhando um trocado não sei se vai voltar<br> Filmei os meus amigos com a ceia garantida<br> Meu orgulho é maior que um prato de comida<br> Não quero entrar pro crime o fim eu já conheço<br> É morte ou cadeia viver com a mão no terço<br> Tenho ambição mulher carreta encima<br> Grana no bolso respeito PT na cinta<br> Vou vivendo tentando me manter distante<br> Eu precisava de um incentivo apenas uma chance<br> Cuidar dos meus irmãos de oito sou o mais velho<br> Tô fazendo minha história um avião um ferro<br> Não sonhei assim eu sei como é o fim<br> Conheço cada vagabundo e começou assim<br> Os panos da ciclone flagrante é pros home<br> Prata no pescoço no meu braço tem meu nome<br> Assim que foi crescendo bandido puta no veneno<br> Cabreiragem de safado o risco aqui eu enfrento<br> Um dia vi um camarada os pano bem bacana<br> Fiquei meio grilado parecia até cana<br> Conversou comigo e eu mal o escutava<br> Dizendo que Jesus me amava<br> Mal dei atenção fiquei ligado no perigo<br> Mas estranhei porque alguém se importaria comigo<br> Agora eu sei quem era,era o tal pastor<br> Me dizendo por favor vá na paz do Senhor<br> Não entendi não dei idéia sem religião<br> Só me lembrei dos bandido que viraram irmão<br> O meu caminho tá escuro quero encontrar uma luz<br> Quem vive do crime sinal da cruz<br> <br> Refrão<br> Não me humilhe sou criança o que eu preciso esperança<br> Eu quero tudo isso muito mais eu quero dispenso tudo<br> Menos o meu ferro<br> <br> Nunca fumou,cocaína nunca ninguém cheirou<br> Mas se pergunta às vezes quantas vidas tirou<br> Matando o seu povo queria um carro novo<br> Se for preciso atirar não quero ser o morto<br> Às vezes pensa queria mesmo era estudar<br> Se tornar advogado arquiteto sei lá<br> Mas na selva não tem chance você tá ligado<br> Vacilou marcou demais o final é o saco<br> Quarta-Feira passada rolou mais um enterro<br> Muito bandido muito choro que desespero<br> Finado considerado pela malandragem<br> Adiantava altos lados sem catiagem<br> Chegando se revolta três tiros na sua cabeça<br> Tá tudo preparado vão agir na sexta<br> Vingança juramento o os cara vão correr atrás <br> Uma semana depois um cadáver a mais<br> O tempo passa e se triplica os seus inimigos<br> Um dia deu bobeira vacilou foi dois tiros<br> Não sei se é sorte escapou da própria morte<br> Quando levanta a camisa da pra ver o corte<br> O crime é ruim totalmente inesperado<br> Mas foi eu que quis assim já tava ligado<br> Tenho minha carreta minha dona minha pistola<br> O que possuo devo tudo às drogas<br> Tenho tudo o que papai noel não me deu<br> Comida pra caralho um opala só meu<br> Mas falta uma coisa não sei o que é<br> Mas vou descobrir só pra ver de qual é<br> Esses dias vi o tal pastor<br> Me filmando observando me tirando pó<br> Nem me deu idéia passou aqui batido<br> Me senti humilhado vi deprimido<br> Mas vou em frente seguindo o meu destino<br> Uma porrada de chegado mas me sinto sozinho<br> O meu caminho ta escuro quero encontrar uma luz<br> Quem vive do crime sinal da cruz<br> <br> Refrão<br> Não me humilhe sou criança o que eu preciso esperança<br> Eu quero tudo isso muito mais eu quero dispenso tudo<br> Menos o meu ferro<br> <br> Meus irmãos de maior só um menor<br> Todos empregados educação respeito e só<br> Foi eu que ajudei por eles me virei<br> Pelo caminho mais fácil um fora da lei<br> Sem dormir direito fico analisando<br> Como será o meu velório muita gente chorando<br> Minha vontade seja feita frevo diversão<br> Minha boina bandeira do “Vasco” no caixão<br> Que que eu to falando me gorando a algum tempo<br> Um dia após o outro e vou sobrevivendo<br> Quero por aqui senão vai ser tarde demais<br> Sair do pesadelo procurar minha paz<br> Mas não dá os inimigos não me esquecem<br> Querendo minha cabeça preciso de uma prece<br> Vou lá fora respirar preciso um pouco<br> Trocar idéia com os cara muitos irmãos loucos<br> Desde manhã tô com um mau pressentimento<br> Tô meio cabreiro escuta ai vai vendo<br> De novo o pastor já me viu quer conversar<br> Cala a boca que eu quero escutar<br> Me disse tá em tempo sabia que eu tava sofrendo<br> Saia dessa ou vai acabar morrendo<br> Quer me converter mas eu não importava<br> Falou de novo que Jesus me amava<br> Já foi embora meu relógio marca nove horas<br> A rua está calma vou pra dentro demora<br> Vindo da esquina carro cabuloso<br> Nem me preocupei alvo fácil exposto<br> Nem deu pra correr tentei mas não consegui<br> O primeiro foi nas costas a mais cinco então por vir<br> Acertaram um inocente se ta junto um abraço<br> Eu fico indignado<br> Me pegaram de surpresa acertaram minha cabeça<br> Amanhã era natal ia rolar até ceia<br> Me lembrei do pastor e suas palavras<br> Arrependido estou Jesus me amava<br> Enquanto era tempo não parei continuei<br> Sabia do meu fim agora eu sei<br> Talvez agora encontre a verdadeira luz<br> Que vive do crime sinal da cruz <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/quem-vive-do-crimesinal-da-cruz">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Quem Vive do Crime...(Sinal da Cruz)) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/quem-vive-do-crimesinal-da-cruz Letra Roleta Russa (Visitas: 47) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/roleta-russa jardim pan americano zona oeste são paulo lugar sossegado<br> vejam quanta matança, atritos na região<br> tiros na madrugada corpos caindo no chão<br> esta é a vida rotineira de um mero cidadão<br> periferia zona oeste o clima é de tensão<br> para quem não conhece para quem está de fora<br> favela beco viela conta sua história agora<br> cotidiano fudido segunda feira vamos lá<br> prepare o coração, haja lágrima pra chorar<br> a gritaria no barraco desperta toda a favela<br> multidão aglomerada ganha fita na viela<br> ponto de vista é embaçado<br> não ta dando pra enxergar<br> "ae vamo da linha na pipa maluco<br> ae deixa pra lá"<br> espere ai escute aqui vamos averiguar<br> um absurdo o desespero de uma criança não vou aturar<br> vamo invadir esse barraco para presenciar<br> se tiver no nosso alcance vamos apaitar<br> mas a visão foi dolorosa não deu para suportar<br> um estupro agora acabaram de presenciar<br> mãe e filha de perna aberta ambas amordaçadas<br> imagine o futuro com a mente atordoada<br> com dois anos de idade na rua estava jogada<br> o povoado do morro só pensava no linchamento<br> e nada mais<br> depois daquela atuação é difícil ter paz<br> o corre corre atrás, corre corre geral<br> nas quebrada do pã, perto do matagal<br> uma tortura agora que está prestes a começar<br> olha a pancadaria lá no bnh<br> muito sangue nos olhos revolta no coração<br> tribunal do subúrbio faz justiça com as mãos<br> telefonema anônimo para nos impedir<br> se esqueceram que a polícia não faz justiça aqui<br> animais imprudentes demônios da madrugada<br> decisão incorreta livrar aquele mano<br> de merecidas porradas<br> está provado agora a justiça policial<br> no nosso bairro é falha<br> <br> 2x hoje o céu está tão lindo<br> mais uma mãe chorando e o vingador sorrindo<br> hoje o céu está tão lindo<br> ao jogo da sorte seja bem vindo<br> <br> mais um capítulo agora sem final feliz<br> não é novela da globo nem mini-série não diz<br> "puta que pariu lá vem tristeza de montão"<br> ponto de droga estabelecido em todas quebrada<br> traficantes predominam todas bocadas<br> agora o crack é moda na cabeça da rapaziada<br> aqui depende de um mundo de mundo de ilusão<br> são capazes de tudo para alucinação<br> eu disse roubam e matam tiram a vida do irmão<br> nosso bairro chora luto por um grande amigo<br> o cara mó considerado e bem conhecido<br> alucinado já arrastaram o nosso mano pro morro<br> espancaram até a morte sem chance nenhuma<br> de pedir socorro<br> não lembraram da esposa que tinha pra amar<br> três filhos no mundo pra poder criar<br> o mano ??? me deus adeus e agora como vai ficar<br> eu não sei quais são as regras do jogo da sorte<br> somos quatro manos pretos revoltados com a morte<br> império z/o faz um silêncio pra morte<br> boa sorte<br> se liga truta se liga truta roleta russa<br> <br> 2x hoje o céu está tão lindo<br> mais uma mãe chorando e o vingador sorrindo<br> hoje o céu está tão lindo<br> ao jogo da sorte seja bem vindo<br> <br> por trás de tudo que é belo saiu batido no pinote<br> a noite é uma criança a lá pixote<br> se liga no 7 1 crocodilagem no ato<br> assim morre pilantra boiado pé de pato<br> não não não passou batido não não deixaram quieto<br> agiu com trairagem vai pipoco toma réco<br> 5 7 um dois três, bandido a 23<br> matador agoniado os mano injuriado<br> com lágrima nos olhos semblante de ódio<br> vingança delatada dentro do velório<br> amanhã posso ser réu mas hoje eu sou juiz<br> meu calibro entupido é que dita a lei aqui<br> vai morrer vai descer na real não vai subir<br> mando um salve ai no inferno pois um dia eu colo ai<br> jardim do éden no paraíso eu to ligado não vou ir<br> deus quis falar comigo mas eu não quis ouvir<br> o diabo é que me rege ele me guia aqui<br> o tribunal agora agiu a polícia nem viu<br> mandaram um servo do diabo pra juntar com mais de mil<br> roleta russa filha da puta<br> estão levando meus mano, onde estão os meus truta<br> ai toni já se foi nem quero ver quem vai depois<br> ??????? nem gosto de lembrar<br> lembrança saudades que ficam no ar<br> to empapuçado de enterro velório caixão<br> história de finado bandido ladrão<br> caiu a ficha entendi qual que é da vida aqui<br> ela é o que é, nem sempre como a gente quer<br> hoje você da um bonde amanhã toma o pelé<br> vejo o jogo do milhão niquilado o oitão<br> tambor carregado com uma bala no cão<br> sai que sai sai que sai se é sua cara ladrão<br> maluco foi, vendeu sua alma meu irmão<br> ta lançada a sorte agora nem por oração<br> mais um malandro uma morte uma mãe sobre o caixão<br> que se pega nas lágrimas na depressão<br> não entende o que rola nesse mundo cão<br> se liga truta roleta russa<br> <br> 2x hoje o céu está tão lindo<br> mais uma mãe chorando e o vingador sorrindo<br> hoje o céu está tão lindo<br> ao jogo da sorte seja bem vindo.. <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/roleta-russa">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Roleta Russa) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/roleta-russa Letra À Procura da Paz (Visitas: 47) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-procura-da-paz Guind’art 1-2-1, Cirurgia Moral, Código Penal...<br> Estamos aqui para falar para vocês<br> Sobre os problemas da vida que muita gente acha maldita<br> <br> Código Penal na área véi não quero ver seu sangue escorrer pelos seus pés<br> Violência não nos leva a nada só complica ainda mais a vida<br> Na nossa área não troque a sua liberdade<br> Pela vida véi atrás das grades<br> Chega de idéias suicidas, choro, velas, tristes despedidas<br> Quem tá guardado não vê a hora de sair<br> Quem tá guardado daria tudo pra estar aqui<br> Periferia, alegria, tristeza, virada de mesa<br> Aonde a morte precocita por aí marcando presença<br> Mais choro, mais vela, mais uma mãe se desespera, reza<br> Tiros de lá e de cá, ra-ta-ta-tá<br> Eu também vou me benzer, eu vou rezar<br> Não queira ser maluco demais<br> Não ignore a chance de poder ficar de boa, em paz véi<br> Não seja um a mais...<br> <br> É, Guind’art 1-2-1 agora vai levar aí, escuta aí<br> Distrito Federal pra que brigar deixa o cana, violência pra lá <br> Nego Boy foi jogado, 121 foi assinado vacilão na Papuda vai ser visitado<br> Deus falou e tá falado quem com o cano joga, com o cano será jogado<br> Se fosse você iria se vingar<br> Deixe essa porra pra lá Deus está ligado<br> Conscientize seu chegado para mais tarde não ser exterminado<br> Esperto demais acaba enterrado não me tire como Lock<br> Não seja o melhor muito menos o pior<br> Olhe para si e verá imagem e semelhança ao criador<br> Podemos amenizar o sofrimento e a dor<br> 1-2-1 aqui passou e deixou idéias de valor<br> Idéias de valor...<br> <br> Às vezes eu me pergunto por quê?<br> As noites de hoje em dia se tornam tão violentas por quê?<br> Ao invés de serenatas de amor e poesias se vê tiros, gritos<br> Cirenes de polícia, criança na sarjeta, por quê?<br> Ao invés de belas manhãs vemos manhãs tão sangrentas<br> A resposta no entanto é difícil de conseguir<br> Porque às vezes o destino se mostra irônico por aqui<br> Afinal como encontrar um caminho a seguir fora do crime<br> Porque dentro dele sonhamos menos, vivemos menos<br> Sentimos muito menos as coisa boas da vida<br> Mas em compensação ferimos muito mais para doer muito mais<br> Porque tudo, tudo é apenas um vôo cego que nos traz a noite<br> Que nos traz espanto, que nos faz ficar novamente no ar<br> A explicação do nada é a garantia que temos<br> De fazermos as coisas sempre da maneira que bem entendemos<br> Tiro, tiro, fogo cruzado no espaço de nossas ruas<br> Discussão, arma na mão, histórias que se parecem mais nunca são iguais<br> Mas o final é sempre o mesmo: é foda, é trágico...<br> <br> Respeitando todas as quebradas<br> Não sou otário, ao contrário, valorizo minha área<br> Meu nome é Rei, a quebra é Sobradinho I<br> Periferia de responsa algo em comum<br> Escolha o seu caminho, decida o seu destino<br> Viver na paz ou então ficar levando tiro<br> É difícil eu sei, aqui na mira da lei<br> É enterro, covardia, muito já contei<br> Pratique a paz véi, esqueça a violência<br> Incentivo, cabeça, idéia, inteligência<br> Se quer ganhar respeito não é preciso ser bandido<br> Pense em sua família proteja os seus filhos<br> Não deixe que cresçam com ratababy na cabeça<br> Sem farinha, sem maldade, sem pistola na mesa<br> É triste ver o fim, mas aqui é assim<br> Faça por você, nunca faça por mim<br> Cansei de ver meus chegados serem baleados<br> De quebradas, achados cadáver estirado<br> Cemitério São Francisco já muito lotado, é<br> Mais uma vela só mais um finado<br> Cirurgia Moral, Guind’art, Código Penal<br> É só idéia de responsa violência é mal<br> Quero sobreviver aqui um tempo a mais, e aí?<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz... <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-procura-da-paz">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - À Procura da Paz) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/a-procura-da-paz Letra Num Dá Nada... Se Der É Pouca Coisa (Visitas: 46) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/num-da-nada-se-der-e-pouca-coisa Cadeia, inferno, cair pro sono eterno<br> Que pra morrer basta estar vivo, eu falo sério<br> No cemitério, mais um que perde o ego<br> Maldade no coração, dinamite pros irmãos então<br> Se tem problema aqui não tem esquema<br> Aí eu te pergunto pra você, qual é o seu dilema<br> Morrer na ambição, sem dó e nem perdão<br> Se entregar tão fácil assim, escuta aí irmão<br> Não sou poeta, mas dou a idéia certa<br> Não sou doutor, mas eu vou te falar quem eu sou<br> Eu sou igual a você, aí daquele jeito<br> O ódio e a maldade guardada no peito<br> É com rancor, assim não se segue a vida<br> Eu sei como é que é, ter que conter a ira<br> De detonar, espalhar o terror na favela<br> Aí me lembro o quanto a vida é bela<br> De quantos já se foram, de quantos estão marcados<br> É chegado o inimigo noiado<br> De qual lado você tá meu chegado<br> Só quer saber de ficar encarqueirado<br> Tudo bem, cada tem sua opnião<br> Tá normal, um frevo, diversão<br> Se vê a forra, aí os homi endoida<br> Faz casinha e faz campana, até que sai da toca<br> É no flagrante, e a cena é constante<br> Hã, esqueme sujo tipo polícia e traficante<br> 15Km e desce pra um 16<br> E olha só que não foi só dessa vez<br> Tú fica doido, aí entra no jogo<br> E não separa mais, o trigo do joio<br> Ouro de tolo, o final é o calabouço<br> Não adianta aqui, ser carne de pescoço<br> Já provei do veneno que puseram pra mim<br> Já testei aquilo que você não viu<br> Se não é o bastante, aí eu do um tempo<br> Porque minhas palavras não se vão com o vento<br> O velho REI, Paulinho só pros chegados<br> Aí cumpade, o esquema tá armado<br> Encontre o seu caminho, faça a sua escolha<br> Não vai dar nada, se der é pouca coisa<br> <br> Aí, eu também pensei que não dava nada<br> Cabeça nova fui iludido pelo crime<br> Caí pra dentro, inventei de metê numa fita e foi mal<br> Fui preso, julgado e condenado<br> Puxei 12 anos de janela<br> Fui humilhado, torturado, baleado<br> Passei por 3 rebeliões<br> Ví vários irmãos meus, perderem a vida<br> Sofri demais, e fiz sofrer quem não tinha nada a ver com meus problemas<br> <br> Quem já não quis, ter carro, mulher e dinheiro<br> Quem já não quis, ter status e ser o primeiro<br> Destaque, ser 2pac (pra onde foi)<br> E minhas considerações pro Sabotagem<br> Tic-tac, o relógio aqui não pára<br> Tri-clac bum, sofrimento que não tarda<br> Se chora a mãe, chora o pai, chora os imãos<br> Companheiros de ofício acabam no caixão<br> É tipo assim, se chora nunca ri à toa<br> Só pra você ver, como é que são as coisas<br> Tiborum, cresce o olho, desperta inveja<br> Mas mesmo assim, não se leva sujesta<br> Quando você tá subindo, leva uma rasteira<br> Vida traiçoeira, sem eira e nem beira<br> Aí você se imagina o pareja<br> Mocinho ou vilão, sei lá, tráz mais uma breja<br> Sem sequelas, só para aliviar a garganta<br> Nesta vida as chances são tantas<br> De se mata, pro crime ingressar<br> Talvez o final trágico na cadeia<br> São poucas chances, mas você é quem sabe<br> Deus que me guarde, mas antes que eu saque<br> Não quero ser herói, mas nenhum otário<br> Vai me faze pensar ao contrário<br> Que Deus é Deus, e aqui não tem pra ninguém<br> Sobreviver é assim, sobreviver é a lei<br> Onde o rico catia com o pobre<br> Onde os ladrão nunca dá de mole<br> Esse é o sistema finado e falido<br> Uma verdadeira máquina de faze bandido<br> Encontre o seu caminho, faça a sua escolha<br> Não vai dá nada, se der é pouca coisa<br> <br> É, eu também achava que não dava nada<br> Comecei fumando maconha, fui me envolvendo aos poucos<br> Quando me deparei com a realidade<br> Já tinha tomado tiro, sido preso<br> E me encontrava em uma casa de recuperação de viciados em drogas<br> Mas graças a Deus e ao hip-hop dei a volta por cima<br> E o sistema não me fez de refém<br> <br> Finado Rômulo foi e não voltou mais<br> Até onde o crime chega, é um perdido na paz<br> Sem caô, papo reto e ligeiro<br> Noite e pesadelo, angústia e desespero<br> Qual é o final, aqui ninguém sabe<br> Só Deus no céu, sabe da verdade<br> Amigos indo, amigos se testando<br> Se matando no crime, nas drogas se acabando<br> Eu vou orar e pedir proteção<br> Pros meus filhos e pros seus, sangue bom<br> Aqui é REI, Cirurgia, faro fino<br> Muita idéia, esquema positivo<br> O céu é testemunha de muitas loucuras<br> Quem é que não quer viver nas alturas<br> Sem sangue na rua, aí eu to ligado<br> Sem treta, sem guerra, se vive um bocado<br> Siga a instruçao, esqueça a lei do cão<br> Uma lição, o sangue dos irmãos<br> Encontre o seu caminho, faça a sua escolha<br> Não vai dar nada, se der é pouca coisa<br> <br> Aí, aqui na Terra todo mundo se diz ser bom, tá ligado<br> Do mocinho ao bandido<br> Todo mundo acha que quem morre vai direto pro céu, pro céu!<br> Aí, não vai dar nada moleque?<br> O papudão tá cheio, tá ligado, a casa tá cheia<br> O louco, acorda maluco. A verdade é outra, tá ligado<br> Só quem morre em Cristo Jesus é quem vai direto pro céu<br> Isso quem me diz é a Bíblia Sagrada<br> Malandro que é malandro, cola é com Deus, sabe qual é<br> O inferno não aqui não louco<br> O inferno não aqui não maluco<br> Acorda louco! <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/num-da-nada-se-der-e-pouca-coisa">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Num Dá Nada... Se Der É Pouca Coisa) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/num-da-nada-se-der-e-pouca-coisa Letra Mortos Amados (Visitas: 44) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/mortos-amados Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> Chame por Deus véi preste atenção<br> Ouvi dizer medo morte traição<br> Cirurgia Moral Rei,DJ "W" nossa paciência<br> Estoura a violência e a consequência véi<br> Espero sobreviver às vezes lamentar<br> Quantos com a própria vida terão que pagar<br> Sei que não são santos às vezes me espanto<br> Correria todo dia vacilou deu pano<br> Ei Deus eu peço por favor<br> Traga paz pra Ceilândia ou a quebrada que for<br> Se tô sendo abusado me desculpa aí<br> Não quero mais contar quantos vão cair<br> Jardim Roriz quebrada de responsa<br> Abençoe os camaradas véi de ponta a ponta<br> Chaparral área minha me lembro do natal<br> Da dezesseis à trinta nunca me dei mal<br> Você se lembra se recorda camarada meu<br> Pode crê vou falar esculta aí Deus<br> Estenda a sua mão adianta a rapaziada<br> Abençoe os camaradas lá da Samambaia<br> Tire o mal da mente ajude pelo menos tente<br> Tanta guerra aqui é um sobrevivente<br> Considerar para ser considerado<br> Quebrada boa ou ruim sempre bem chegado<br> Mais aí se quiser continuar assim<br> No começo é bacana carreta puta grana<br> Ódio pilantragem olho grande ganância<br> Conseqüência do crime cadeia ou ganhar fama<br> Conto contigo Deus olhe os chegados meus<br> Santa Maria sobradinho são filhos seus<br> Só você mesmo quero dizer algo mais<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz<br> <br> Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> Maldade inveja do tipo cabreiragem<br> Se somos feitos pela sua própria imagem<br> Mas pode crê quando morrer quero ir pro céu<br> O safado do Caim se levantou e matou Abel<br> Eu não entendo a amizade e a falsidade<br> Quem são os seus amigos me mostre um de verdade<br> Amigos pra atrasar quando o bicho pegar<br> Você vai aprender em quem confiar<br> E as bedel as donas safada então<br> Mostram sua cara traem só por diversão<br> Quantos já se foram por mulher eu vi de perto<br> Por safadeza piranhagem será correto<br> Deus é tanta droga medo auto-destruição<br> Os camarada se matando lá na expansão<br> O medo é eficaz ninguém confia mas que pena<br> Boa sorte recantos da emas<br> Meu nome é Rei e tô injuriado<br> Já tentaram me jogar atrasar o meu lado<br> Pipoco na reta eu de menor beco escuridão<br> Fulano e Sicrano pode crê estão nas suas mãos<br> Ilumine Planaltina sobradinho dois<br> Até quem não merece dê uma chance pois<br> Só você pode ajudar e ninguém mais<br> Por aqui na nossa área só nos restas a paz<br> <br> Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> “M” norte entre o azar e a sorte<br> E quem divide Taguatinga da Ceilândia norte<br> O “J” e o “G” nunca vou me esquecer<br> História de filme eu vivi então pode crê<br> Esses dias estava pensando<br> No sujerinha no Frell no meu irmão Shell<br> E como é bom ficar aqui lembrando<br> Espero que vocês estejam no céu<br> Finado Marcelo Paulista,Paulinho Jones<br> Ainda sei como fugir dos home<br> Nego Jackson experiência a sua vida<br> Nos mostrou véi que a casa cai um dia<br> Tirar de tempo seu divino eu entendo<br> Nunca tire ninguém e vai sobrevivendo<br> Aprendi pode crê passei dos meu dezoito<br> Vi minha morte através de um cano de trinta e oito<br> Mas tô aqui vivo pra contar a minha história<br> Dona vaci pode crê guardo na memória<br> Os home na minha cola mocado em sua xola<br> Seu vinte dois eu me lembro mata ele agora<br> Viu o Rei ai os cana tão aqui<br> Fala pra ele se esconder ali<br> Nunca vou me esquecer me deu fuga muita correria<br> Meu Deus do céu os home sempre pede estia<br> Mas tá valendo homenagem eu fico grilado<br> Não é só os mortos que aqui serão citados<br> Embalo ai jotinha eu penso todo dia<br> Quando você sair véi muita alegria<br> Pode crê Deus é o que eu queria falar<br> Alivia a violência que assim não dá<br> Fui igual a muitos com prazer eu tô contigo<br> Você agora é meu verdadeiro amigo<br> Sinto muito pelos que se foram e ainda estão por ai<br> Malandragem tá na hora de pensar e agir<br> Como se fosse uma doença a morte é quem faz<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz<br> <br> Refrão<br> Por aqui na nossa área só nos resta a paz (4x)<br> <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/mortos-amados">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Mortos Amados) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/mortos-amados Letra Falsa Malandragem (Visitas: 0) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x) <br> <br> <br> <br> Quem não conhece GOG girinão o gangstar.fala demais em seu show correu pra não apanhar<br> fala de quebras do entorno nunca nem pisou.a malandragem que conhece é só gravata morô?<br> Derrubou vários irmãos só metendo o queixo<br> discovery, planet, abutre, não tem nem mais jeito<br> ninguém cai mais na sua lábia babão<br> juntou-se de novo com o cão<br> Só São Cipriano pode te libertar nem missangas nem guias podem te guardar<br> do mal que você plantou em você mesmo te arruma otário que agora vai pegar<br> Sempre foi fraco quando se fala em irmandade<br> eu não preciso do D.F, isto é uma verdade<br> só que de Rocha eu falo sério escuta aí,a nossa área tá melhor sem você aqui<br> Irmãos de São Paulo podem se preparar,Girinão o gangstar tá na área podem se cuidar<br> muitos vão cair e ele vai subir,eternamente por que é assim.<br> Quem não te conhece é que te compra<br> muito agito já rolou nunca te vimos na onda pedimos sempre pela paz você quer é guerra...você não perde por esperar!<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x)<br> <br> <br> Ninguém te conhece como nós, Derrubou Eu,Tu,Ele,Nós,Vós<br> Eles que não te conhecem o chamam de poeta.<br> Muito pelo contrário, só pagou vexa<br> Considerado o destemido o senhor da paz tá dizendo<br> jamaika, Kabala, Rei, não nos convencemos<br> a sua lealdade já não fascina mais.<br> você não é cristo é barrabás<br> Diga X , quero uma foto de vocês dois <br> vocês tão pouco se lichando pra CEI pois aquí mudou tão vendendo peixe errado<br> cipriano e barrabás vocês tão ferrado<br> Eu me faço gozar, manipulando suas vozes...<br> Chupa amp;#8220;Examp;#8221;, chupa amp;#8220;GOGamp;#8221;<br> enquanto muitos ralam e vão andando<br> Aí, cala a boca e continua chupando<br> Nos chamam de bandidos incentivadores falamos só o que sabemos e não são rumores<br> hoje fala contra as drogas, safado ó a coronha<br> quem te compra é que não te conhece rola a maconha Sua saga é triste por nós sempre lembrada falso pacificador senhor da desgraça<br> já tomou arara dos homem e não tava errado faça sua boca, parar safado pode vir com palavras de dicionário sua choradeira é sempre a mesma otário<br> a sua dupla ação ainda inclui o Marcão que não tem guerra conosco, CÃO<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA<br> <br> Quem róla contigo, tem é que correr<br> você chama a maldade pra perto de você<br> colar contigo, tem nem mais jeito...<br> vira sapo maluco e pula nos meus peito<br> Inventando moda baixos,baterias,guitarras<br> quem te conhece na área, hoje te escarra<br> cipriano teu anjo da guarda foi-se embora dê um jeito em sua vida vê se não demora<br> Quer continuar tudo bem eu paro por aquí<br> essa guerra vai mais longe se tu quer assim<br> não sou vidente mas vejo o fim com gosto de féu<br> Caim se levantou e matou Abel<br> <br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA........<br> <br> <br> jamaika e Rei Indubitavelmente (3x) <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Falsa Malandragem) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem Letra Falsa Malandragem (Visitas: 0) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x) <br> <br> <br> <br> Quem não conhece GOG girinão o gangstar.fala demais em seu show correu pra não apanhar<br> fala de quebras do entorno nunca nem pisou.a malandragem que conhece é só gravata morô?<br> Derrubou vários irmãos só metendo o queixo<br> discovery, planet, abutre, não tem nem mais jeito<br> ninguém cai mais na sua lábia babão<br> juntou-se de novo com o cão<br> Só São Cipriano pode te libertar nem missangas nem guias podem te guardar<br> do mal que você plantou em você mesmo te arruma otário que agora vai pegar<br> Sempre foi fraco quando se fala em irmandade<br> eu não preciso do D.F, isto é uma verdade<br> só que de Rocha eu falo sério escuta aí,a nossa área tá melhor sem você aqui<br> Irmãos de São Paulo podem se preparar,Girinão o gangstar tá na área podem se cuidar<br> muitos vão cair e ele vai subir,eternamente por que é assim.<br> Quem não te conhece é que te compra<br> muito agito já rolou nunca te vimos na onda pedimos sempre pela paz você quer é guerra...você não perde por esperar!<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x)<br> <br> <br> Ninguém te conhece como nós, Derrubou Eu,Tu,Ele,Nós,Vós<br> Eles que não te conhecem o chamam de poeta.<br> Muito pelo contrário, só pagou vexa<br> Considerado o destemido o senhor da paz tá dizendo<br> jamaika, Kabala, Rei, não nos convencemos<br> a sua lealdade já não fascina mais.<br> você não é cristo é barrabás<br> Diga X , quero uma foto de vocês dois <br> vocês tão pouco se lichando pra CEI pois aquí mudou tão vendendo peixe errado<br> cipriano e barrabás vocês tão ferrado<br> Eu me faço gozar, manipulando suas vozes...<br> Chupa #8220;Ex#8221;, chupa #8220;GOG#8221;<br> enquanto muitos ralam e vão andando<br> Aí, cala a boca e continua chupando<br> Nos chamam de bandidos incentivadores falamos só o que sabemos e não são rumores<br> hoje fala contra as drogas, safado ó a coronha<br> quem te compra é que não te conhece rola a maconha Sua saga é triste por nós sempre lembrada falso pacificador senhor da desgraça<br> já tomou arara dos homem e não tava errado faça sua boca, parar safado pode vir com palavras de dicionário sua choradeira é sempre a mesma otário<br> a sua dupla ação ainda inclui o Marcão que não tem guerra conosco, CÃO<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA<br> <br> Quem róla contigo, tem é que correr<br> você chama a maldade pra perto de você<br> colar contigo, tem nem mais jeito...<br> vira sapo maluco e pula nos meus peito<br> Inventando moda baixos,baterias,guitarras<br> quem te conhece na área, hoje te escarra<br> cipriano teu anjo da guarda foi-se embora dê um jeito em sua vida vê se não demora<br> Quer continuar tudo bem eu paro por aquí<br> essa guerra vai mais longe se tu quer assim<br> não sou vidente mas vejo o fim com gosto de féu<br> Caim se levantou e matou Abel<br> <br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA........<br> <br> <br> jamaika e Rei Indubitavelmente (3x) <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Falsa Malandragem) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem Letra Falsa Malandragem (Visitas: 0) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x) <br> <br> <br> <br> Quem não conhece GOG girinão o gangstar.fala demais em seu show correu pra não apanhar<br> fala de quebras do entorno nunca nem pisou.a malandragem que conhece é só gravata morô?<br> Derrubou vários irmãos só metendo o queixo<br> discovery, planet, abutre, não tem nem mais jeito<br> ninguém cai mais na sua lábia babão<br> juntou-se de novo com o cão<br> Só São Cipriano pode te libertar nem missangas nem guias podem te guardar<br> do mal que você plantou em você mesmo te arruma otário que agora vai pegar<br> Sempre foi fraco quando se fala em irmandade<br> eu não preciso do D.F, isto é uma verdade<br> só que de Rocha eu falo sério escuta aí,a nossa área tá melhor sem você aqui<br> Irmãos de São Paulo podem se preparar,Girinão o gangstar tá na área podem se cuidar<br> muitos vão cair e ele vai subir,eternamente por que é assim.<br> Quem não te conhece é que te compra<br> muito agito já rolou nunca te vimos na onda pedimos sempre pela paz você quer é guerra...você não perde por esperar!<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VEXA(2x)<br> <br> <br> Ninguém te conhece como nós, Derrubou Eu,Tu,Ele,Nós,Vós<br> Eles que não te conhecem o chamam de poeta.<br> Muito pelo contrário, só pagou vexa<br> Considerado o destemido o senhor da paz tá dizendo<br> jamaika, Kabala, Rei, não nos convencemos<br> a sua lealdade já não fascina mais.<br> você não é cristo é barrabás<br> Diga X , quero uma foto de vocês dois <br> vocês tão pouco se lichando pra CEI pois aquí mudou tão vendendo peixe errado<br> cipriano e barrabás vocês tão ferrado<br> Eu me faço gozar, manipulando suas vozes...<br> Chupa #8220;Ex#8221;, chupa #8220;GOG#8221;<br> enquanto muitos ralam e vão andando<br> Aí, cala a boca e continua chupando<br> Nos chamam de bandidos incentivadores falamos só o que sabemos e não são rumores<br> hoje fala contra as drogas, safado ó a coronha<br> quem te compra é que não te conhece rola a maconha Sua saga é triste por nós sempre lembrada falso pacificador senhor da desgraça<br> já tomou arara dos homem e não tava errado faça sua boca, parar safado pode vir com palavras de dicionário sua choradeira é sempre a mesma otário<br> a sua dupla ação ainda inclui o Marcão que não tem guerra conosco, CÃO<br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA<br> <br> Quem róla contigo, tem é que correr<br> você chama a maldade pra perto de você<br> colar contigo, tem nem mais jeito...<br> vira sapo maluco e pula nos meus peito<br> Inventando moda baixos,baterias,guitarras<br> quem te conhece na área, hoje te escarra<br> cipriano teu anjo da guarda foi-se embora dê um jeito em sua vida vê se não demora<br> Quer continuar tudo bem eu paro por aquí<br> essa guerra vai mais longe se tu quer assim<br> não sou vidente mas vejo o fim com gosto de féu<br> Caim se levantou e matou Abel<br> <br> <br> NINGUÉM TE CONHECE COMO NÓS <br> DERRUBOU EU, TÚ, ELE, NÓS, VÓS <br> ELES QUE NÃO TE CONHECEM CHAMAM DE POETA <br> MUITO PELO CONTRÁRIO SÓ PAGOU VExA........<br> <br> <br> jamaika e Rei Indubitavelmente (3x) <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Falsa Malandragem) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/falsa-malandragem Letra Aonde Tem Abelha Formiga Come Sal (Visitas: 0) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal Licença boy que malandro tá na pista<br> Ó nóis aqui denovo<br> Os carro de malandro, Caravan cabuloso<br> Lombrar depois da blitz trinca seis caneco pára<br> No posto do Flamingo aí que os boy fica de cara<br> Cê quer paga um pau sai que o morro agradece<br> É tudo nosso vagabundo, os opala os chevete<br> Nun carece, ter muito dinheiro pra tira uma onda que,<br> Curto minha lombra de Planaltina a Ceilândia<br> Tudo em casa né Rei pelos beco é o trajeto<br> De aro 17 alvo fácil pros boneco<br> Dá nada o flagrante tá na bota e quem acha<br> Na BR uma ameaça e gambé queima borracha<br> O horizonte não é limite pra vagaba<br> 3 horas da quebrada os cú pira (pira)<br> Suposto não o mundo gira e quem comanda<br> Bandido de patente vagabundo a paisana<br> Há, ó o comboio, muriçoca suspira<br> Assusta, intima logo quando vira a quina<br> Quem for mais fraco corre é intinto natural<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> <br> Ó só, ó que firmeza amanhã nóis tá com a rapa<br> Parô nas entre quadra vira frevo dá nada<br> Vai, abre o porta-mala vai deixa o chão tremer<br> Deixa os muleque viver é assim que tem que ser<br> Cada um com sua responsa, seu beck, sua lombra<br> De cima cola os pivete frator de quadrilha nas guarita<br> Dá nada tudo em casa aqui é favela é nossa cara<br> É tipo motor de Opala só pára quando o gás acaba<br> De cima das manilha fortalece o cenário<br> Primário, funciona em 1000 reais de salário<br> A vida é espontânea, pensou muito aí foi mal<br> Aonde tem abelha, fio, formiga come sal<br> <br> Comédia passa fome em ninho de marginal<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Quem for mais fraco corre é intinto natural<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Perfume de vagaba é cheiroso mas faz mal<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Da tribo Duck Jay, Rei Cirurgia Moral<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Mais aí...danada os guariteiro com mocó aqui no teto<br> Respeita os malandro que o papo aqui é reto<br> <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Aonde Tem Abelha Formiga Come Sal) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal Letra Aonde Tem Abelha Formiga Come Sal (Visitas: 0) http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal Licença boy que malandro tá na pista<br> Ó nóis aqui denovo<br> Os carro de malandro, Caravan cabuloso<br> Lombrar depois da blitz trinca seis caneco pára<br> No posto do Flamingo aí que os boy fica de cara<br> Cê quer paga um pau sai que o morro agradece<br> É tudo nosso vagabundo, os opala os chevete<br> Nun carece, ter muito dinheiro pra tira uma onda que,<br> Curto minha lombra de Planaltina a Ceilândia<br> Tudo em casa né Rei pelos beco é o trajeto<br> De aro 17 alvo fácil pros boneco<br> Dá nada o flagrante tá na bota e quem acha<br> Na BR uma ameaça e gambé queima borracha<br> O horizonte não é limite pra vagaba<br> 3 horas da quebrada os cú pira (pira)<br> Suposto não o mundo gira e quem comanda<br> Bandido de patente vagabundo a paisana<br> Há, ó o comboio, muriçoca suspira<br> Assusta, intima logo quando vira a quina<br> Quem for mais fraco corre é intinto natural<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> <br> Ó só, ó que firmeza amanhã nóis tá com a rapa<br> Parô nas entre quadra vira frevo dá nada<br> Vai, abre o porta-mala vai deixa o chão tremer<br> Deixa os muleque viver é assim que tem que ser<br> Cada um com sua responsa, seu beck, sua lombra<br> De cima cola os pivete frator de quadrilha nas guarita<br> Dá nada tudo em casa aqui é favela é nossa cara<br> É tipo motor de Opala só pára quando o gás acaba<br> De cima das manilha fortalece o cenário<br> Primário, funciona em 1000 reais de salário<br> A vida é espontânea, pensou muito aí foi mal<br> Aonde tem abelha, fio, formiga come sal<br> <br> Comédia passa fome em ninho de marginal<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Quem for mais fraco corre é intinto natural<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Perfume de vagaba é cheiroso mas faz mal<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Da tribo Duck Jay, Rei Cirurgia Moral<br> Aonde tem abelha formiga come sal<br> Mais aí...danada os guariteiro com mocó aqui no teto<br> Respeita os malandro que o papo aqui é reto<br> <br> <br><br><b>Leia a letra no site, <a href="http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal">clique aqui.<b></a> contato@eletras.com.br (Cirurgia Moral - Aonde Tem Abelha Formiga Come Sal) Mon, 1 Sep 2014 10:34:09 +0100 http://www.eletras.com.br/cirurgia-moral/aonde-tem-abelha-formiga-come-sal